Dress to Success - Marta

Marta Aragão Pinto inicia uma série de entrevistas que fiz a mulheres de sucesso, mulheres com negócios, empresárias, com ou sem filhos mas sempre com vida familiar e que gerem com garra a sua vida profissional.


É o caso da Marta, que tem de ser Mãe, Mulher e Empresária. É a mesma Marta mas com nuances diferentes, que se desdobra como tantas outras mulheres, que decidiu arriscar.
"A vida deu-me essa oportunidade e eu agarrei-a", afirma Marta Aragão Pinto. 

Mas afinal o que leva tantas mulheres a perseguir o sonho de trabalhar por conta própria? O que tem uma mulher a seu favor num mundo que inicialmente começou por ser maioritariamente masculino?
"Acho que as mulheres têm o dom de conseguir fazer várias coisas ao mesmo tempo e para os negócios o timing é fundamental, para além disso temos uma visão mais abrangente de todos os pormenores."

Formada em Comunicação Empresarial, ainda trabalhou como jornalista mas o caminho que surgiu foi outro.

"Quando trabalhava para outras empresas sempre senti que podia fazer mais, mas que como não fazia parte das minhas funções, as sugestões eram bem vindas, mas acabavam por ser executadas por outros. Sempre gostei de estar presente desde o início ao fim de um projecto, e foi quando criei a minha empresa que comecei a trabalhar mais em projectos chave na mão no mundo da comunicação."



É relações-públicas, organiza eventos, gere a comunicação de marcas, tem um blog dedicado ao seu trabalho e não só, o MAPSHOW. As 24h de um dia são poucas para tudo aquilo que a Marta tem de fazer. Diz-se perfeccionista, confia nas suas capacidades como empresária e sabe que se promete, vai conseguir fazer.
"Tenho clientes com os quais trabalho há vários anos e com os quais já quase não preciso de falar, confiam plenamente no meu trabalho e não me pressionam de forma nenhuma. Tenho clientes com os quais trabalho pela primeira vez e que é normal sentir que estou a ser posta à prova e ai sinto  uma pressão maior. Mas nunca senti mais pressão pelo facto de ser mulher, pelo menos isso nunca me passou pela cabeça."

Afinal o mundo dos negócios é das mulheres. Mas não sem esforço. A incerteza inerente a um negócio, a quem tem uma empresa e vive dela, é grande. Os pontos positivos e negativos são muitos, claro. Mas como tudo na vida.
"A falta de horários nesta profissão tem os pontos negativos e os positivos. É bom porque sou eu que faço a gestão do meu tempo, posso gerir o meu dia de maneira a cumprir com as minhas responsabilidades profissionais e também com as de mãe. Por outro lado, não há um fim. Muitos dos trabalhos que tenho começam à hora que a maioria das pessoas acaba de trabalhar, muitas das questões relacionadas com a organização de um evento não têm hora para ser resolvidas, têm que ser resolvidas o mais rápido possível e pronto.
O meu negócio de sonho seria a minha empresa crescer para várias áreas, poder contratar vários profissionais bons que há no mercado, para eu poder delegar mais e poder dedicar-me por inteiro a descobrir novos projectos, novas ideias. Gostava que a minha empresa se tornasse sólida o suficiente para que as minhas filhas possam um dia, se quiserem, trabalhar comigo e saberem que têm essa oportunidade."


 (a representar a Fundação Aragão Pinto)


As mulheres são grandes gestoras. Basta avaliar a nossa história. Desde sempre que gerem a casa, a maior parte das vezes, a vida familiar, os seus negócios.Há tempo para tudo e, ainda bem!
"Com 3 filhas é tudo vezes 3...as reuniões de pais são 3, as festas da escola são 3, quando ficam doentes é sempre uma de cada vez, os trabalhos de casa são vezes 3, os estudos são vezes 3. O meu tempo é gerido ao segundo e aquilo que mais detesto é perder tempo. Acho que a internet veio facilitar muito esta gestão. Eu posso estar a trabalhar em qualquer lado desde que tenha um telefone e um computador comigo, e muitas vezes significa estar a tentar concentrar-me a ajudar nos trabalhos de casa, mandar um email importante, saber o que vai ser o jantar, atender outro telefonema importante e saber o que falta comprar no supermercado."

Fora tudo isto e nos tempos livres, "“Devoro” as minhas filhas com miminhos, faço todos os programas em que as possa incluir. Sou completamente delas e quando elas estão a dormir namoro com o meu marido, fazemos jantares em casa com amigos, cantamos no karaoke."


 A Marta é a prova que enquanto seres humanos nada nos limita e como mulheres, conseguimos ser tanto em tudo. "A Marta mulher é muito mais descontraída que a Marta empresária" porque enquanto está a trabalhar nada a abala, nada a desconcentra.
"A Marta mulher é completamente “go with the flow”", gosta de se divertir, de dançar e cantar, contar anedotas.

A Marta assume diferentes características enquanto mãe, mulher e empresária mas há coisas que não escapam. O sorriso, o cabelo comprido, a elegância e a pele bronzeada!A postura de quem conquistou o sucesso e é feliz.

2 comments:

  1. Ela é linda e tem uma 'super' força interior*

    http://maniac4moda.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  2. Mais uma excelente entrevista Mi!!!! E a excelente entrevistada, a chamada "mulher dos 7 ofícios"! Parabéns às duas!

    ReplyDelete