Doces ou Salgadas? O quê? As Pipocas!

Por aqui são doces! Uma mais do que as outras!
30 mil visitas por dia fazem do blogue A Pipoca mais Doce o mais visitado de Portugal! Ganhou ainda o prémio de Blog do Ano, a marca consolida-se e dá nome a vários projectos. O que começou por ser um espaço de desabafos e devaneios, é hoje um local de encontros, de muita leitura e identificação. 


Mas como sempre, uns gostam, outros não.
Confesso que sou uma novata nestas andanças, claro que o blogue não me era desconhecido mas depois deste post, a curiosidade em entrevistar a Ana Garcia Martins aumentou ainda mais! Como será equilibrar e gerir tudo isto, pensei. Nada melhor do que a própria a responder, no seu estilo inconfundível e cómico, numa entrevista que pretende abordar o bom e o mau de ter um blogue e, acima de tudo, o blogue mais lido em Portugal.


TCU- Quando percebeste que “A Pipoca mais Doce” tinha potencial para ser uma marca?   
Ana Garcia Martins- Nunca tinha pensado nisso até ser contactada por uma agência de licenciamento de marcas, a Zero a Oito, que acreditou no potencial do blog e na transformação do mesmo numa marca.

TCU- Como te sentes por receber o prémio de melhor blogue e por seres autora do blogue mais visitado de Portugal?  
AGM- É claro que é sempre bom haver esse reconhecimento e saber que há tanta gente a ler-me diariamente. O blog já tem oito anos e continua a dar-me muito prazer escrever.

TCU- Quais os pontos positivos e negativos desta exposição?  
AGM- Ter um blog já me proporcionou muitas coisas boas, desde propostas de trabalho à possibilidade de ter acesso a coisas que, de outro modo, dificilmente teria. O feedback e a troca de experiências com os leitores também é uma grande mais valia, e posso dizer que já fiz amigos através do blog. O lado mais negativo é, sem dúvida, algumas pessoas resumirem os bloggers àquilo que estes escrevem, esquecendo-se que há mais vida para além disso. 


TCU- Sempre disseste que o blogue foi um escape, um lugar para devaneios. Sentes isso ameaçado?  
AGM- É claro que há mais moderação naquilo que escrevo, tendo em conta que tenho milhares de pessoas ler-me, mas procuro que o blog não perca a sua essência. Por isso mesmo, continua a ser um espaço para divagar sobre tudo e mais alguma coisa.

TCU- Tens noção do teu público? Quantas visitas recebes por dia? 
AGM- Tenho cerca de 30 mil visitas diárias, maioritariamente mulheres, entre os 18 e os 35/40 anos.

TCU- Como geres isto? És elogiada e também julgada? 
AGM- Acho que consigo fazer um bom equilíbrio. É impossível agradar a gregos e a troianos, e haverá sempre quem discorde daquilo que escrevo. O que acho perfeitamente normal e até saudável. O problema é que a maioria das pessoas expressa a sua divergência muitas vezes de forma agressiva, insultuosa e despropositada.




TCU- Há ideias pré-concebidas da parte de quem lê blogues em relação a quem os escreve? 
AGM- Acredito que sim. Dos bloggers só conhecemos aquilo que eles querem que conheçamos, aquilo que publicam todos os dias. É normal que cada pessoa  faça depois uma leitura própria daquilo que é escrito e acabe por criar alguns juízos de valor. A maioria das vezes não correspondem à realidade.

TCU- Acreditas numa identificação dos teus leitores em relação a ti e ao teu dia-a-dia? 
AGM- Acredito, e acho que é isso que cria tanta empatia. O blog acompanha-me desde os 23 anos (tenho 31) e fala das coisas mais variadas. Não é um blog de moda, é um blog pessoal bastante transversal, que fala das situações normais que toda a gente vive no dia-a-dia, seja uma ida às compras, seja uma ida ao futebol ou a descrição de episódios familiares, amorosos e sociais. Mas também acredito que muitas pessoas acham que os bloggers têm uma vida completamente privilegiada e com acesso a mil e uma coisas. É uma ideia um bocadinho fantasiosa.




TCU- Como é o teu dia-a-dia? Principalmente agora que a tua marca se expande para tantas outras áreas de negócio? 
AGM- Contrariamente àquilo que as pessoas possam pensar, não passo o dia a saltitar de evento em evento, nem enfiada em spas ou coisa que valha (era bom!). Aliás, vou a muito pouca coisa, porque perde-se imenso tempo nisso. Para além de ter a gestão da marca, tenho também a minha loja no Chiado (com todo o trabalho que isso implica), e assino semanalmente duas páginas na revista Time Out Lisboa. Depois tenho sempre mil projectos pelo meio: livros, consultoria de imagem, parcerias específicas com algumas marcas. As 24 horas do dia acabam por ser poucas para tudo aquilo que tenho para fazer. Sendo que ainda tem de sobrar espaço para a família, os amigos, o ginásio e todas essas coisas normais.

TCU- Qual o teu sonho ou o que queres mesmo fazer com o teu blogue? 
AGM- Sinceramente, não faço ideia. Acima de tudo, quero que o blog continue a ser aquilo que muitas pessoas dizem ser: um espaço onde vão todos os dias porque sabem que vão dar uma gargalhada, encontrar uma ideia interessante e desanuviar um bocado a mente.

Acredito que o sucesso de A Pipoca mais Doce seja mesmo este. Um blogue sincero, que não pretende projectar uma imagem de uma vida que não existe. São conversas de todos os dias, com drama e humor!
Já com um livro editado, uma agenda, associação diversas marcas, uma linha de vernizes e, agora, uma parceria na Fox Life, A Pipoca mais Doce continua a crescer, bem docinha, e a preencher o dia de muitos leitores!

17 comments:

  1. Adorei a entrevista! Acredito que o The Close Up, começa a ser um espaço, tal como A Pipoca Mais Doce, onde podemos encontrar algo diferente e que nos distraía naqueles dias mais aborrecidos! :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada!!!!!! Espero que assim seja, um espaço que conta e divulga histórias interessantes, divertidas e que acrescentem alguma coisa ;)

      Delete
  2. Gostei do post! beijinhos e um dia feliz

    ReplyDelete
  3. Muitos parabéns por esta entrevista, deliciei-me enquanto a lia! Claro que a escolha da entrevistada ajudou :)

    Beijoca*

    ReplyDelete
  4. Olá! Não conhecia o blog mas vai já direitinho aos meus Favoritos :)
    Adorei o post :)
    Beijinho

    http://biscoitodeseda.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  5. Adorei a entrevista, está fantástica! bjinhos

    ReplyDelete
  6. bela entrevista =) sem duvida que admiro o trabalho de bloggers como vocês =)

    ReplyDelete
  7. Gostei muito deste teu cantinho, e vou cá voltar de certeza. Já te estou a seguir!

    ReplyDelete
  8. Gostei muito da entrevista :) e do teu blog também. *

    ReplyDelete
  9. Muito boa a entrevista! Gostei muito de duas ou três verdades que a Ana disse em relação aos blogs/bloggers mas que se aplicam a muitas outras áreas!

    ReplyDelete
  10. Desde que tomei conhecimento do blogue da Pipoca (também sou muito recente nestas andanças) que a sigo, essencialmente pelos seus textos que considero deliciosos com grande sentido de humor (inteligente).
    Foi uma agradável surpresa para mim descobrir que AGM, que dá vida ao blogue é uma mulher para além de bonita, inteligente, culta, simpática, com grande sentido do humor, divertida.
    Ela e o marido (RMP), autor do blogue "O Arrumadinho", formam um casal muito giro e bem sucedido. Gosto muito de os ler aos dois e faço votos para que continuem a ter muito sucesso!

    ReplyDelete
  11. em tao pouco tempo, tantos seguidores :) fez-me ler o blog quase de uma ponta a outra. gostei muito! :) é diferente, interessante! muitos parabéns. Há muito trabalho por detrás de tudo isto :)

    ReplyDelete
  12. Adorei!

    XoXo Fashion Hunter
    http://miwardrobeistuwardrobe.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  13. Mto bom post querida!!! Continua a fazer o que tão bem sabes fazer! Entrevistas!! É bom ler-te!!

    ReplyDelete