CODE NAME? ASUS


Nestas fotografias o mais importante é a Asus!
aqui vos tinha falado da nossa parceria e hoje venho partilhar como tem sido a minha experiência com o Zenbook, o portátil que podem ver nas fotografias!

Larguei o meu pc velho e não foi fácil porque tinha imensa informação lá guardada e milhares de fotografias. Confesso que demorei algum tempo a organizar tudo, afinal é como mudar de casa!
Uso o Zenbook diariamente seja para trabalhar no blog, viajar pela internet ou escrever artigos para algumas revistas. Muitas vezes depois das reportagens ainda venho para casa trabalhar mais uma ou duas horas. E não pense o leitor que um blogger não trabalha porque essa imagem é um mito, criar um blog é fácil, manter o mesmo nem por isso!

Depois da estranheza inicial apaixonei-me. O Zenbook é muito mais pequeno e leve. Estava habituada a trabalhar num pc maior, tratar das fotografias num ecrã maior mas depois da fase de habituação, já não quero mudar! As cores do Zenbook são maravilhosas e a definição do ecrã é de alta qualidade, o que me ajuda imenso.
A verdade é que o uso mais em casa mas como é tão leve consigo estar em qualquer lugar, na mesa, no sofá ou na varanda.  

E nunca saio de Lisboa sem ele. Cabe na minha mala e tem um capa protectora excelente, então é fácil andar com ele de um lado para o outro, não pesa! E como tem uma autonomia de bateria enorme muitas vezes nem levo o carregador. Assim é mesmo só o Zenbook, ao contrário do que acontecia anteriormente em que levava tudo atrás!

Acho que estou rendida e, em breve, partilharei de quantas formas é possível usar o Zenbook da Asus.

Agora, repararem como além de ser um bom pc não parece um acessório de moda!










Fotografia | Miguel Pinheiro
Portátil | Zenbook da Asus
Styling | Macacão Coquelicot



O The Close Up no Facebook, aqui!


PARAÍSOS REAIS



Este pequeno paraíso tem morada na ilha balear de Formentera e não há nda a apontar.
Os tons pastel fazem o contraste ideal com a cor da terra e parece que tudo foi pensado para o tempo parar e não recomeçar mais...















(via www.revistaad.es)



O The Close Up no Facebook, aqui!